“Viva Rio Branco” estendido para outros bairros. Essa é a proposta do Presidente da Câmara Lawrence Amorim.

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

O Viva Rio Branco é um projeto que ocorre aos domingos, ao entorno do Corredor Cultural que fica interditada para o tráfego de veículos e liberada para ciclistas, maratonistas ou pedestres que queiram aproveitar a pista para caminhar, andar de patins, skate, e um grande espaço de convivência das famílias da nossa cidade.

O presidente da Câmara, Lawrence Amorim, apresentou a proposta de estender o estilo do Viva Rio Branco para outros bairros da cidade. O parlamentar acredita ser possível fechar outros espaços públicos, ruas e avenidas para este fim. Seria a forma de contemplar moradores de bairros mais distantes que não frequentam o Centro nos domingos do Viva Rio Branco, além de propiciar as atividades de lazer em torno de várias comunidades.

Presidente da Câmara Lawrence Amorim – Foto Edilberto Barros

O projeto nasceu na sessão ordinária desta quarta-feira (31). “Já é comprovado cientificamente que o esporte reduz o risco de diversas doenças crônicas e melhora a qualidade de vida das pessoas. Vivemos em um momento que podemos perceber cada vez mais a necessidade de mantermos um estilo de vida mais saudável e este Programa vai criar espaços para que isto ocorra em Mossoró”, diz o parlamentar, que também é amante do esporte. E tem como principal atividade de lazer a prática do ciclismo.

A pandemia pode atrapalhar a implantação do projeto neste momento. Por esta razão, o vereador pretende esperar a situação se normalizar para que o Viva Rio Branco se estenda a outros bairros. “Esta é uma ideia para depois da pandemia, que se Deus quiser, será vencida brevemente”, afirmou. Ainda não se sabe ao certo quais bairros terão a versão do que acontece na Avenida Rio Branco, mas é importante que cada comunidade já comece a se mobilizar para levar para o seu bairro este projeto para que tende a proporcionar mais saúde e entretenimento para as pessoas.