Com aglomeração, oposição faz protestos contra Bolsonaro por todo o país

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Protestos contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) começaram na manhã deste sábado (29.mai.2021) em várias cidades brasileiras. Os atos foram convocados em todo o país por movimentos de oposição.

Os manifestantes estão aglomerados, o que não é recomendado por autoridades sanitárias, como a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e a OMS (Organização Mundial da Saúde), por favorecer a transmissão e contágio pelo coronavírus, apesar do uso de máscara pela maioria dos manifestantes.

Entre as causas, os manifestantes cobram a aceleração da vacinação nacional, a proteção dos povos indígenas, o combate ao racismo, defendem o auxílio emergencial e também pedem a valorização da saúde e educação no país.

A partir das 9h, manifestantes iniciaram a concentração em cidades como Brasília (DF). Na capital federal, milhares de pessoas se reuniram e realizaram uma caminhada do Museu Nacional, descendo pela Esplanada dos Ministérios, seguindo para o Congresso. Todas as seis faixas ficaram ocupadas. Alguns manifestantes fizeram uma carreata, que foi da Praça do Cruzeiro até a Rodoviária de Brasília, segundo informações do G1.

No Rio de Janeiro, de acordo com o Centro de Operações, os manifestantes partiram da Av. Presidente Vargas no sentido Candelária. Equipes da CET-Rio (Companhia de Engenharia de Tráfego), Guarda Municipal e Polícia Militar estão no local. Algumas pistas foram interditadas.

Em Recife, a vereadora Liana Cirne (PT-PE) afirmou que foi agredida pela Polícia Militar com gás de pimenta. A cena foi filmado por manifestantes.